Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial
Início do conteúdo da página

Prelúdio

Apresentação

O Prelúdio, programa de extensão do IFRS – Campus Porto Alegre na área de ensino musical, tem como proposta desenvolver a musicalidade de crianças e jovens da comunidade, ensinando-os a cantar, tocar e integrar a música no cotidiano, por meio de cursos e oficinas.

O Prelúdio teve sua origem na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), na década de 80, e desde 2009 faz parte do IFRS – Campus Porto Alegre. O projeto surgiu a partir de encontros que tratavam sobre a participação da extensão universitária em projetos de ensino musicais, realizados por um grupo de professores de música da UFRGS e de fora da Universidade, junto com o professor Ludwig Buckup (pró-reitor de extensão da UFRGS na época). A professora de flauta doce do Instituto de Artes da UFRGS, Isolde Frank, apresentou um anteprojeto para a criação de uma escola que preparasse alunos para participarem da Orquestra Infanto Juvenil da UFRGS, da qual ela era fundadora e regente. Nesse grupo estava a professora Nídia Kiefer, que assumiu a liderança do Projeto Prelúdio, o qual foi fundado em agosto de 1982.

Conforme explica Eliana Vaz Huber, professora do IFRS e atual coordenadora do Prelúdio, a ideia principal era uma escola que permitisse a inclusão de todos, sem provas, sem competições e onde a prática fosse a parte mais importante e que a teoria musical viesse por consequência. O Projeto Prelúdio foi ano a ano criando sua identidade própria, tendo suas propostas educacionais discutidas entre os professores e com o aporte pedagógico realizado por meio de cursos e leituras de seus integrantes. “Durante seu percurso, passou por várias fases, chegando a ter aulas de nove instrumentos. Hoje são quatro”, relembra Eliana.

Em 2008, ano da criação dos Institutos Federais - entre eles o IFRS -, a Escola Técnica da UFRGS tornou-se o Campus Porto Alegre do IFRS. Logo após, em 2009, o Prelúdio foi transferido da UFRGS e passou a fazer parte do IFRS, onde até hoje é um Programa Permanente de Extensão. Seus docentes são também professores do Curso Técnico em Instrumento Musical.

Desde que passou a ser gerido pelo IFRS, de 2009 a 2011 o programa funcionou em um prédio alugado, localizado na rua Andaraí, bairro Passo d’Areia, pois a antiga sede do Campus Porto Alegre, na rua Ramiro Barcelos (prédio da antiga escola técnica, pertencente à UFRGS), não tinha espaço físico para abrigar o projeto. Com a mudança do Campus para sua sede própria, em agosto de 2011, no centro histórico de Porto Alegre, o Prelúdio foi instalado temporariamente no 6º andar do campus, local para onde foi transferido em agosto de 2012. Finalmente, em maio de 2013, o Prelúdio ganhou sua sede própria, localizada no prédio anexo ao Campus Porto Alegre (atual Torre Sul), e denominada Espaço Prelúdio.

Em agosto de 2017, esta proposta de educação musical voltada para crianças e jovens entre 05 e 17 anos, está completando 35 anos tendo formado musicalmente centenas de jovens. Muitos deles tornaram-se profissionais da música e hoje são instrumentistas, regentes, compositores, cantores e professores de música.

Atividades do Prelúdio

Atualmente, as atividades do Prelúdio são divididas em duas grandes áreas:

  • Cursos de Instrumento (Flauta Doce, Flauta Transversal, Teclado e Violão):
      1. Os Cursos proporcionam uma educação musical estruturada, partindo de uma musicalização integrada, para as crianças de 5 a 6 anos, e prosseguindo com o estudo sistemático de um instrumento musical, associado a aulas de Canto em Conjunto e Laboratório Musical. Essa estrutura é um grande diferencial da proposta pedagógica do Projeto Prelúdio, contemplando diversos aspectos do desenvolvimento musical.
  • Grupos Musicais (Coro Infantil e Coro Juvenil, Orquestra Infantil e Orquestra Juvenil, Conjunto de Flautas Doces, Conjunto de Violões e Conjunto de Música Popular):
      1. Nos Grupos Musicais, as crianças e jovens têm uma vivência mais aprofundada na prática musical coletiva, ampliando experiências em audições, apresentações públicas e conhecimentos de repertório característico de cada da música em conjunto.

Hoje são mais de 200 alunos matriculados no Prelúdio, na faixa etária entre 5 e 24 anos. Nos Cursos de Instrumento, cuja faixa de idade atendida vai dos 5 aos 17 anos, estão matriculados 212 alunos. Já nos Grupos Musicais, são 102 alunos matriculados, sendo que 55 são alunos exclusivamente dos grupos musicais, que atendem alunos de até 24 anos de idade.

Atualmente conta com um quadro de 11 professores efetivos e três professores substitutos, que ministram os cursos e oficinas, além de atuarem no curso Técnico em Instrumento Musical do Campus.

Clique aqui e fique por dentro da programação prevista para as comemorações de 35 anos do Prelúdio.

Fim do conteúdo da página